“toda mafalda da primeira a última tira”

Nascida em Buenos Aires no ano de 1963, com o intuito de ser uma tira cômica para publicidade disfarçada de uma marca de eletrodoméstico, Mafalda, a menina atrevida, inteligente, foi criada por Joaquin Salvador Lavado, o Quino. O cliente da agência discordou da campanha e então Quino arquivou as primeiras tiras de Mafalda.
Mas no ano de 1964, Quino retirou Mafalda da gaveta para participar do Primera Plana, um importante semanário da Argetina. As publicações das tirinhas da Mafalda, passou por jornais argentinos, como El Mundo, e em 1965 foi lançado o primeiro álbum com todas as tiras publicadas no jornal.Em 1967, Quino assinou contrato com Siete Días, um semanário. Mafalda foi traduzida para varias línguas, como italiano, inglês, hebraico,dinamarquês e francês. E apareceu pela primeira vez no Brasil, numa revista de pedagogia no ano de 1970. De 1973 a 1977, Quino parou de produzir as tiras da Mafalda, e só voltou por conta de um pedido da ONU, para ilustrar a “Declaração dos Direitos da Criança”, com Mafalda e sua turma. Em 1981, foram lançados no Brasil livros com as tirinhas da Mafalda.
E foi com um desses livros, “toda Mafalda, da primeira a última tira”, que mergulhei no universo de Mafalda e seus amigos, Manolito, Filipe, Susanita e Miguelito. Já conhecia, mas  muito pouco, apenas dos livros de português, quando tinha alguma tirinha para interpretação de texto e nada mais. Mas…o detalhe é: Mafalda não se interpreta, nem entende. Com Mafalda a gente se junta, concorda e ainda levanta a bandeira da menina contestadora, que não aceita o mundo como é, porque se uma criança de 7 anos, tem tanto para protestar, avalie nós…

OgAAAMygtrJv0vCKxQVlJiZkoDL_espqmLIXRWLk1YfRCDNciMV9iYC-njG3T8kA0-gZbfOQZRFDUDrT3RnhtZC0l_YAm1T1UB39lxWD6n9XqqUaO4mp9454PXpLOQAAAHlJL63WPk1BArhoYCw8tS76-DsIZvUYxh6doPGUr1hbKXV57KAvzeTVB9l4PuciGwAsONNUrTihEE1VbapMBqIAm1T1UFTzjG7dwHB6luOx6W_bRmGQ3XbLOQAAANL8teAL6Hg6HjyeuFo2tY8vUZQchATvj6JSMSPO2sDXvbzi1z5KQnl-BeE7gHJW5qUYq9cF_GzfqSBVqIajkI4Am1T1UI7sweOVfznmREJZKl_SUPPUPMrR

Jornalista. Casada com a Comunicação Digital. Paquera a Educação na era Digital. Amante da Literatura, Fotografia e Seriados.

'Um comentário to ““toda mafalda da primeira a última tira””'
  1. paulo disse:

    quando foi a ultima tira?Que ano?

Deixe um comentário

Subindo no Telhado - Este blog pertence à Jeniffer Santos e está publicado sob uma Licença Creative Commons.
  • RSS
  • Facebook
  • Google+
  • YouTube